Acontece, Maia

World Press Photo em exposição na Maia

As fotografias premiadas na edição deste ano do World Press Photo estão em exposição no Fórum da Maia até 22 de novembro. É o melhor do fotojornalismo para ver e refletir.

O Fórum da Maia recebe pelo décimo nono ano consecutivo a exposição do World Press Photo. Na mostra, podemos ver todas as fotografias premiadas na edição deste ano do mais importante prémio de fotojornalismo do mundo.

O concurso World Press Photo é a principal competição do mundo para fotógrafos de imprensa, fotojornalistas e fotógrafos documentais, a nível profissional, e estabelece os padrões da profissão. O concurso deste ano atraiu 4.738 fotógrafos de 129 países. No total, foram apresentadas a concurso 78.801 imagens. As fotografias premiadas são apresentadas numa exposição que passa por mais de 100 cidades em mais de 45 países.

O melhor do fotojornalismo para ver e pnsar
O ano passado mais de 9 mil viram a exposição no Fórum da Maia

A Fotografia do Ano é da autoria de John Moore, intitula-se “Menina a chorar na fronteira” e retrata uma criança hondurenha, Yanela Sanchez, a chorar quando ela e a sua mãe, Sandra Sanchez, são levadas em custódia por oficiais da fronteira dos EUA, em McAllen, Texas.

Um fotógrafo português, Mário Cruz, recebeu o 3º Prémio na categoria de Ambiente, com uma fotografia intitulada “Vivendo entre o que ficou para trás”, que retrata uma criança que coleta material reciclável num colchão cercado por lixo a flutuar no rio Pasig, em Manila, nas Filipinas. Este fotógrafo também já havia visto o seu trabalho premiado numa edição anterior da World Press Photo.

A World Press Photo realiza-se na Maia há 19 anos e é já um acontecimento de grande relevância na região Norte, sendo aguardado com enorme expectativa pelos milhares de pessoas que habitualmente visitam a exposição. Todos os anos a exposição recebe grande número de visitantes, incluindo visitas de estudo organizadas por instituições de ensino. O ano passado visitaram a exposição na Maia cerca de 9.000 pessoas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Siga-nos no Facebook