Acontece, Peniche

Peniche: há sabores de bordo no mercado

Os sabores de bordo amaram já a partir de amanhã no Mercado Municipal de Peniche. A caldeirada à pescador é o prato forte, mas peixe e marisco pode ser degustado a partir de 3 euros.






A segunda edição do festival Gastronomia de Bordo começa já amanhã em Peniche, passando depois para Ílhavo e, finalmente, para a Murtosa. Os três municípios unem-se para homenagear a comida tradicionalmente confecionada pelos pescadores. Vamos ter sabores da pesca longínqua (Ílhavo), costeira (Peniche) e lagunar (Murtosa).

Em Peniche, o mercado municipal é o centro do festival. Durante o fim-de-semana, o emblemático espaço da cidade piscatória abre as portas aos sabores e às técnicas da gastronomia de bordo, com os pratos entre os 3 euros e os 8 euros. A não perder.

Sabores que evocam saberes. Peixe e marisco frescos à moda dos pescadores

Mas na cidade piscatória, a gastronomia de bordo pode ser ainda provada em seis dos estabelecimentos mais emblemáticos desta cidade e em duas pastelarias especialistas em doces regionais. Vai haver variedade e apenas a frescura e qualidade do marisco e do peixe português será ponto comum.

O festival Gastronomia de Bordo é um excelente pretexto para marcar uma visita a Peniche durante este fim-de-semana. Se se for um amante do surf, junte-se o útil ao agradável com a etapa portuguesa do mundial da modalidade a decorrer na famosa praia Supertubos. Mas temos ainda o Cabo Carvoeiro e a Fortaleza .

Também em Ílhavo e Murtosa

De 8 a 17 de Novembro, Ílhavo presenteia-nos com uma homenagem à cozinha tradicional portuguesa, e bacalhoeira, tendo como “porto seguro” diversos restaurantes do Município, num modelo contemporâneo e inovador, suportado nos sabores e nas tradições a bordo dos bacalhoeiros. Será também possível “mergulhar” no património gastronómico nacional, através de visitas a estaleiros, museus, fábricas, lotas, navios e também a outros equipamentos de transformação e preparação alimentar.

A viagem de circum-navegação gastronómica termina em Murtosa, onde desembarcamos nas melhores caldeiradas do país de pesca lagunar, pratos preparados, desde tempos imemoriais pelos pescadores e que se tornaram ícones gastronómicos, como é o caso da caldeirada de enguias. De 27 a 1 de Dezembro, o destaque será paras as espécies piscícolas da Ria de Aveiro, onde os espaços de restauração prepararam menus específicos para a festival, tendo como referencial os pratos de peixe e, de um modo especial, as caldeiradas.

O programa propõe algumas atividades complementares às degustações nos restaurantes, com visitas guiadas à Estação Litoral da Aguda, em busca dos segredos da Enguia e a COMUR-Museu Municipal.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Siga-nos no Facebook