Alto Tâmega, Norte, Receitas, Ribeira da Pena

Receita de Milhos Ricos – Ribeira de Pena

Os Milhos são um prato tradicional das Terras do Basto, em Trás-os-Montes, e eram feitos em casa com as carnes disponíveis. Os Milhos Ricos, como o nome indica, levam mais carnes: os esgravatados, os esfuçados e os escornados. Esta é uma espécie de cozido à portuguesa em que os legumes são substituídos por milho branco triturado. É de chorar por mais.




A receita que apresentamos foi confecionada por Odete Moura, cozinheira do restaurante Cantinho do Churrasco, de Ribeira de Pena.

Esta é a mais tradicional das receitas da zona e, no caso, ficámos a saber como se fazem os Milhos Ricos. Levam enchidos vários e as carnes. Os esfuçados são as carnes de porco, os esgravatados a galinha e os escornados a carne de vaca.

Esta é uma receita simples mas muito demorada e trabalhosa. As carnes são as que se utilizam normalmente no cozido à portuguesa.

Receita de MIlhos Ricos
Odete Moura explica-nos o que são os esfuçados, os escornados e os esgravatados

Ingredientes

Milho branco triturado,

Carne de vaca,
Orelha de porco,
Costela de porco,
1 galinha pequena,
1 salpicão,
1 chouriço de sangue,
bacon ou presunto,
Cebola,
Alho,
1 folha de louro,
Azeite.

Preparação

Deixa-se a carne de porco a salgar de um dia para o outro e antes de cozinhar lava-se para retirar o excesso de sal.

Cozem-se as carnes todas juntas e reserva-se a água, que será utilizada para cozer os milhos.

Os milhos devem ser bem lavados em várias águas para retirar as impurezas que ficarão a boiar.

Numa panela grande, faz-se um refogado com azeite, cebola, alho e a folha de louro. Deixa-se refogar em lume brando até que a cebola fique translúcida.

Quando o refogado estiver pronto, começa-se a pôr a água de cozer as carnes. Tenha em atenção que a água deve ser colocada lentamente para que não espirre. Não coloque toda a água, para que depois ainda tenha para o caso de ser preciso acrescentar.

Coloque os milhos na água, tendo em atenção que estes crescem muito mais do que o arroz. Deve utilizar uma medida de milhos para quatro ou cinco de água de cozer as carnes. É importante que os milhos fiquem aguados (malandros como o arroz) para não ganharem uma consistência pastosa.

Mexa constantemente com uma colher de pau, para que os milhos não se peguem ao fundo. Quando os milhos estiverem cozidos, sirva imediatamente e delicie-se com esta iguaria. Depois… depois passeie-se pelo belo concelho de Ribeira de Pena e fique a conhecer, por exemplo, os seis objetos com história, ou a vivência de Camilo Castelo Branco por aquelas terras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *