Quinta do Gradil, Cadaval

Os vinhos, o Marquês e as lendas da Quinta do Gradil

A Quinta do Gradil é uma das mais antigas herdades do Cadaval e da Região Vitivinícola de Lisboa, onde se destacam o belo palacete e a capela. Nos idos de 1760 comprou o Marquês de Pombal a quinta, situada entre a serra de Montejunto e o mar, a cerca de 50 km de Lisboa, que já tinha cultivo de vinha. No final dos anos 90, já deste século, a propriedade passou para as mãos de Luís Vieira, neto e filho de comerciantes de vinho, e hoje “é o ex-libris do grupo Parras e a nossa marca de ‘charme’”, diz.

Bucelas: onde o Arinto é rei

A vila de Bucelas, a 25 km a norte de Lisboa, no concelho de Loures, é o centro de centenária região demarcada de vinhos – a única nacional só para brancos. São vinhos elaborados com a casta Arinto, com origem já provada nesta região, daí o registo como ‘Capital do Arinto’ efetuado em 2010. O microclima da região e os solos do vale do rio Trancão conferem caraterísticas específicas a esta variedade de uva, que tem aqui a sua expressão máxima, produzindo vinhos de cor citrina, sabor e aroma frutados, uma elevada mineralidade e acidez, que lhes dá grande potencial de envelhecimento.

Siga-nos no Facebook