Ave, Guimarães, Norte

Um vibrante Património da Humanidade

“Aqui nasceu Portugal”. Durante muitos anos, Guimarães viveu à sombra de ser o berço da nacionalidade. Mas desde que o seu centro histórico foi considerado Património da Humanidade, em 2001, e em 2012 se tornou por um ano a Capital Europeia da Cultura que a cidade tem uma vida vibrante e uma atividade cultural intensa.

Há que calcorrear o casco medieval do centro histórico de Guimarães, com a sua sucessão de praças e o casario integralmente erigido por métodos tradicionais, e aproveitar todas as oportunidades de lazer e cultura que a cidade nos oferece.

1 Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Siga-nos no Facebook