Alentejo, Alto Alentejo, Elvas

Um museu militar a céu aberto

Praça Forte e Chave do Reino, a geografia construída de Elvas atesta a sua importância na consolidação da nacionalidade e nos conflitos internos. Com Espanha à vista e localizada numa elevação única até onde a vista alcança, a cidade é um repositório da história da arquitetura militar. Do castelo islâmico às fortificações seiscentistas e àquela que é considerada como uma das mais poderosas fortificações abaluartadas do mundo, Elvas é como que um museu militar a céu aberto e por isso é Património da Humanidade.

Mesmo o aqueduto da Amoreira, verdadeiro ex-líbris de Elvas com os seus 843 arcos, foi mandado construir por D. Manuel I para impedir que a falta de água fizesse vergar a fortaleza, mas só seria concluído mais de um século depois.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Siga-nos no Facebook