Centro, Lendas, Oeste, Sobral de Monte Agraço

Lenda de Santa Aurélia – Sobral de Monte Agraço

Onde se conta a lenda de uma jovem martirizada e da sua vingança contra quem não acreditava na sua santidade.
lenda de sobral de monte agraço

Viveu em tempos numa aldeia entre Sobral de Monte Agraço e Arruda dos Vinhos uma jovem virtuosa, de nome Aurélia, que, sendo ainda solteira, apareceu grávida.

Não acreditando os pais na sua pureza e não suportando a vergonha que cairia sobre a família se tal se soubesse, tentaram esconder a situação por meios extremos, mandando decapitar a filha desonrada.

Morta, enterrada, esquecida, assunto encerrado.

Mas, uns meses mais tarde e passando um grupo de populares junto ao muro do Cemitério de Sobral de Monte Agraço, estes ouviram o choro de uma criança pequena. Entrando no dito recinto, deparou-se-lhes um espectáculo tenebroso: Aurélia jazia morta junto à sua campa e, a seu lado, o seu filho recém nascido, gritava a plenos pulmões.

A desgraçada Aurélia passou então a ser Santa e os seus restos mortais transferidos para a Matriz de Sobral de Monte Agraço, onde começou a ser venerada por muito milagrosa. Seu filho foi devolvido aos avós arrependidos e maravilhados com o milagre.

Mas a história de Aurélia Santa não acaba aqui.

Tempos depois, 3 homens descrentes de santidades, entraram na Igreja, roubaram a cripta de Aurélia e, atando-a a uma carroça, arrastaram-na até que se despedaçasse. Para terminar, colocaram à frente da Igreja da Senhora da Salvação em Arruda uma cesta com palha e uma malga com água.

E eis que, pouco depois, caem doentes.

E o povo logo o soube porque um ladrava, outro zurrava e o terceiro balia.
E assim morreram pouco depois.

O que ficou da pobre Santa voltou para a Igreja de Sobral, donde mais ninguém se atreveu a retirá-la.

Era impura, ficou Santa / Aurélia que ali jazia. / A sua virtude era tanta / Que os três que a profanaram / Um zurrava, / Outro ladrava / E o último balia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Siga-nos no Facebook