Alentejo, Alto Alentejo, Marvão

Como um ninho de águia

Marvão é como um ninho de águia, surgindo lá no alto do monte escarpado e aparentemente inacessível. Hoje, conquista-nos com a sua beleza, a sua traça medieval e o casario que sobe até ao castelo, as suas igrejas e as vistas deslumbrantes.

Lá no vale onde corre o rio Sever está Portagem, uma povoação que deve o nome à ponte quinhentista e ao torreão da portagem que quem lá passava tinha de pagar e que hoje é um dos extremos da agradável praia fluvial. Ali ao lado, está a cidade romana de Anmaia e o seu museu.

1 Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *