Alto Tâmega, Norte, Reportagem, Ribeira da Pena

A natureza para descobrir e fruir em Ribeira de Pena

Cascatas de cortar a respiração, voos impossíveis, percursos bucólicos. Entre Trás-os-Montes e o Minho, o concelho de Ribeira de Pena é território de contrastes e local único para aqueles que querem estar em contacto próximo com a natureza.



Do verdejante vale do Tâmega ao mais agreste Parque Natural do Alvão; dos passeios por levadas bucólicas ao canyoning no rio Póio, são muitas as maneiras de descobrir e fruir a natureza em Ribeira de Pena. Podemos fazê-lo por nós próprios, aproveitar as ofertas das empresas ou entrar aquele que é o melhor parque de atividades da natureza do país, o Pena Aventura Park.

[hybrid_gallery_slider ids=”6432,6431,6430,6428,6424,6425,6426,6433,6427″ layout=”2″ thumbs_w=”80″ thumbs_h=”80″ thumbs_gap=”10″ size=”fixed” ratio_w=”2″ ratio_h=”1″ nav=”true” dots=”false” nav_pos=”1″ dots_pos=”1″ formats=”false” color=”#b90000″ meta_title=”false” meta_descr=”false” meta_animaton=”slideInUp” lightbox=”false” lb_pos=”1″ lb_type=”mp” animation_main=”fadeIn” animation_child=”zoomIn” preloader=”1″ loader_delay=”300″ ct_w_vl=”100″ ct_w_un=”pc” ct_align=”none” custom_class=”” custom_id=”” res=”{#1024#:{#w#:#auto#,#w_vl#:#100#,#w_un#:#pc#,#align#:#auto#},#800#:{#w#:#auto#,#w_vl#:#100#,#w_un#:#pc#,#align#:#auto#},#768#:{#w#:#auto#,#w_vl#:#100#,#w_un#:#pc#,#align#:#auto#},#600#:{#w#:#auto#,#w_vl#:#100#,#w_un#:#pc#,#align#:#auto#},#480#:{#w#:#auto#,#w_vl#:#100#,#w_un#:#pc#,#align#:#auto#}}”]

O Pena Aventura Park

Prepare-se para fazer coisas impossíveis. No Pena Aventura Park pode desafiar os seus limites sem entrar em desportos radicais. Aqui tudo é feito de forma controlada e por isso se chamam desportos da natureza.

O Pena Aventura Park é uma estrutura já com 10 anos que se renova constantemente. De entrada livre (apenas as atividades são pagas), o parque oferece emoção para todas as idades. Se o salto negativo é apenas para quem tenha o coração forte e o gosto por descargas fortes de adrenalina, o Fantasticable está ao alcance de todos.

Com os seus 1538 metros de comprimento, o Fantasticable é um dos maiores do mundo e proporciona uma das melhores sensações que alguma vez tivemos. Ao fim e ao cabo, não é todos os dias que voamos entre dois vales a uma altura de 150 metros.

Uma experiência inesquecível
Fantasticable tem 1358 metros – foto Pena Aventura Park

Se me é permitida a nota pessoal, devo dizer que tenho vertigens e já tive suficientes descargas de adrenalina na vida, mas a viagem entre Bustelos e o Pena Aventura Park deitado e de braços abertos foi das melhores experiências que já tive. A sensação de liberdade é verdadeiramente única. Será assim que os pássaros se sentem?

Dentro do parque é ainda possível fazer o percurso no Alpine Coastes, uma montanha russa com vistas deslumbrantes para o vale do Tâmega e onde é possível controlar a velocidade, jogar paintball , fazer um percurso alpino com dois graus de dificuldade por entre as copas das árvores, parede de escalada, tiro ao alvo com arco e flecha…

E se o problema são as crianças, não há razões para preocupações. O Pena Aventura Kids propõe atividades para crianças entres os 3 e os 12 anos. Há um mini-fantasticable, percursos aventura, póneis, trampolim e até o SplatMaster, uma espécie de Paintball com marcadores mais leves.

Há atividades para todos os gostos dentro do recinto do parque, mas o Pena Aventura Park propõe também a quem o visita sair para o território. As propostas vão desde os percursos off-road em veículos TT Polaris Ranger RZR a caminhadas aquáticas, canyoning ou rafting.

Atividade nos rios

O rio Póio é um paraíso para a prática do canyoning
Cascata Cai d’Alto. Foto Natourtracks

Cai d’Alto: é este o nome da mais emblemática cascata de Ribeira de Pena. A queda de água do rio Póio é um dos principais pontos da maioria das atividades aquáticas que é possível fazer em Ribeira de Pena. O pequeno rio Póio tem condições únicas para a maioria dos desportos.

Este é um rio que tem vários graus de dificuldade, o que o torna um desafio mesmo para os mais experientes praticantes de canyoning, com a cascata, as lagoas e o temido Poço do Inferno (um autêntico salto para o desconhecido. Quer o canyoning como a caminhada aquática podem ser organizados pelo Pena Aventura Park, que se serve das correntes do rio Tâmega para a prática do rafting, também com dois graus de dificuldade.

Mas para aqueles que pretendem apenas um bom banho de rio, basta dar um salto até à vila de Cerva e fruir da bem cuidada praia fluvial.

Parque ambiental

Promover os valores ambientais
Parque mostra a flora e fauna do concelho – Foto CM Ribeira de Pena

Há saída da vila de Ribeira de Pena, encontramos os 18 hectares do Parque Ambiental com as espécies autóctones da flora e da fauna.

Neste parque destinado à promoção dos valores ambientais e à divulgação dos recursos naturais do concelho, existem dois centros de interpretação e uma oficina ambiental. Aqui, encontramos ainda uma área com plantas aromáticas e medicinais que, depois de secas, são colocadas à disposição dos visitantes “por um preço simbólico”.

Passeios mais ou menos radicais

Os Wine Tours proporcionam experiências diferentes
Primeiro descer o rio e depois provar vinho da região – Foto Natroutracks

Passear pelo concelho de Ribeira de Pena é ter a certeza de momentos bem passados. E há quem conheça bem o território e proponha um misto de atividades. É o caso da NatourTracks que além das caminhadas, disponibiliza Wine Tours.

Estes Wine Tours levam os participantes até às adegas da região. Mas para lá chegarem, terão de fazer caminhadas, rafting, andar de canoua ou embarcar em passeios 4×4.

A Rota do Abade é uma das propostas desta empresa. O percurso pedreste começa na Igreja Matriz da vila e segue por calçadas que terão sido calcorreadas por Camilo Castelo Branco em direção ao rio Tâmega.

Naureza luxuriante
Trilho da Levada de Santo Aleixo

Percursos de natureza

Se é um adepto de caminhadas, o concelho de Ribeira de Pena propõe várias, bem sinalizadas no terreno, que nos levam a conhecer recantos fantásticos, paisagens deslumbrantes e algumas das maiores curiosidades do concelho.

A Rota do Abade, já o dissemos, leva-nos até ao rio Tâmega e para além dele, atravessando-o pela Ponte de Arame, um dos 6 objetos de Ribeira de Pena cuja história já contámos

Um dos mais interessante percursos pedestres do concelho é o da Levada de Santo Aleixo e faz-se ao longo da margem direita do Tâmega, seguindo a levada por entre castanheiros e carvalhais de rara beleza. Na sua total extensão, o percurso circular de pequena rota tem 13,8 quilómetros de dificuldade moderada.

O percurso do Vale do Póio é outra proposta a ter em conta. Aqui, caminhamos por entre um vale verdejante e com muito aproveitamento agrícola, passando por algumas das belas aldeias do concelho e sempre com o Alvão no horizonte.

1 Comment

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *