Madeira, Ribeira Brava

Na Ribeira Brava provemos a Poncha

Na Serra d’Água bebamos a Poncha e em Fajã dos Frades o vinho malvasia. Convém não o fazer no mesmo dia ou que nos moderemos na degustação de cada um.

Num cenário grandioso de promontórios escarpados, na Ribeira Brava nasce a Poncha, a típica bebida de aguardente de cana, mel e sumo de limão de que a serrana Taberna da Poncha é o seu maior curador. Na Fajã dos Frades já não há jesuítas e deles resta a memória do casario a que se chega de barco ou no elevador panorâmico e o vinho malvasia cuja fama chegou à Rússia.

Jorge Montez
Nasceu e fez-se jornalista em Lisboa, mas quando o século ainda era outro decidiu mudar-se de armas e bagagens para Viana do Castelo. É repórter. Viveu três meses em Sarajevo quando os Balcãs estavam a aprender os primeiros passos da paz, ouviu o som mais íntimo da terra na erupção da Ilha do Fogo e passou cerca de um ano pelos caminhos do Oriente.